O mês em que a Viradouro fez Niterói virar notícia

(Reprodução da Capa do O GLOBO, edição do dia 15 de fevereiro de 2024)

Fevereiro podia ser considerado o mês ‘queridinho’ de muita gente, afinal, é um mês curtinho (mesmo quando tem um dia a mais, como neste ano), um mês onde pelo menos dez dias são de folia e brincadeira, um mês ‘simpático’, digamos assim. E o fevereiro que acabamos de viver foi pra lá de bem vivido não só por aqueles que curtem aproveitar o “maior show da Terra”, mas também pelos que valorizam tudo que é ligado à arte e cultura, inclusive a de massa. Eu, que andava meio desligada, tive de me atualizar…

 

Logo na manhã do dia 1º, o termo “calabreso” se tornou um dos mais comentados na rede social X (ex Twitter). Como não acompanho BBB, não estava entendendo do que se tratava tanta nota e comentários e fui pesquisar… E descobri que essa palavra (que chegou a ser interpretada como ‘gordofobia’) foi  jogada numa discussão entre os brothers. Moral da história: nada disso! Calabreso é um termo usado por um humorista que faz esquetes de humor no estilo ‘câmera escondida’, quando quer brincar e provocar [1]. Ou seja, fizeram muito barulho por nada!

 

Mal assimilei ‘calabreso’, ‘macetando’ virou hit nacional. Gente… o que é macetando? E o refrão chiclete, cantado com direito à coreografia repetida à exaustão pelo público, respondia: “É a Veveta que tá no comando macetando, macetando”. Ahhh… tá bem! Macetando no caso, não tinha nada a ver com a definição que consta nos dicionários (“golpear alguém ou algo com maceta ou macete, um martelo de cabo curto”). O hit de Ivete Sangalo reforçou “a gíria do momento, que vai da esperteza à conotação sexual” e caiu nas graças do povo. É… temos mesmo de concordar com Wesley Safadão: “brasileiro tem uma capacidade incrível de colocar duplo sentido em tudo” [2].

 

Agora, no meu caso particular, novidade mesmo foi conhecer a saudação “Arroboboi, Dangbé”, tema do enredo da nossa Viradouro, escola de samba campeã do Grupo Especial do Rio de Janeiro. Fui procurar o significado:
“Arroboboi! Saudação e evocação da energia que transita entre o céu e a Terra! Entidade visível no encantamento do arco-íris, a ponte sagrada que liga os humanos às divindades voduns. E que nos conecta aos ensinamentos das eternas herdeiras de Dangbé: sabedoria, luta, união e vitória” [3].

 

Pronto!!! Fez todo sentido entender a expressão e conhecer a letra desse samba cheio de significado, enredo que exalta a força da mulher negra através do culto à cobra sagrada e sabedoria africana. A escola cantou “Arroboboi meu pai, Arroboboi Dangbê Destila seu axé na alma e no couro, Derrama nesse chão a sua proteção, Pra vitória da Viradouro” [4]. Deu certo! A Viradouro ganhou o 3º título na sua história e fez Niterói virar notícia. Até quem não é de sambar, sambou!!

 

Fim do Carnaval, início do ano. De volta à rotina, não nos faltam motivos para aproveitarmos a energia boa que rolou em fevereiro para seguirmos acompanhando as iniciativas pra lá de inspiradas, criativas e inovadoras no campo da Arte e Cultura. Confere comigo uma lista do que acontece na cidade e escolha o seu programa:

 

3/fev: O mês começou com a mostra ESQUENTA, na Galeria Eixo Reserva. Aberta até dia  17 de março, essa é uma oportunidade para o visitante admirar de perto o melhor da arte produzida por mais de 60 artistas visuais da cidade.

 

WhatsApp Image 2024 03 01 at 17.19.57
Os artistas Leila B., Ana Morche e Bê Sancho socializando na abertura da exposição, no Reserva Cultural.

 

19/fev: A Galeria La Salle apresenta a exposição INTENSIDADE, do artista paisagista Alexandre Santiago. Com telas de cenários famosos da cidade, o pintor revela paisagens do cotidiano em seu trabalho. A mostra, que tem entrada franca, pode ser vista de segunda a sexta-feira, das 9 às 20h, até dia 27 de março.

 

WhatsApp Image 2024 03 01 at 17.19.58

 

22/fev: Marcela Lanna, artista visual, pintora, escultora e CEO do MaHub, lançou o quarto episódio do podcast PAPO DE ARTISTA, com o tema ‘Qual a função da arte?”. No vídeo, disponível no YouTube (A função da arte? Papo de artista #4 MaHub), Marcela quer saber a nossa opinião: “Pra que serve a arte? Qual é a sua real função? A arte tem que realmente servir para algo? E não servindo, deixa de ser obra de arte?” É assistir ao vídeo, refletir e deixar seus comentários.

 

WhatsApp Image 2024 03 01 at 17.19.54

 

29/fev: O Curso de INICIAÇÃO AO VINHO, programado para acontecer em 3 quintas-feiras consecutivas, teve início dia 29. Além de um conteúdo rico e atualizado, Luiz Barros, sommelier, apresentará 9 rótulos para serem degustados em cada encontro. Se ainda é possível se inscrever, confesso que não sei… mas não custa consultar o enólogo pelo telefone (21)99602-6519 e se programar para as próximas edições.

 

WhatsApp Image 2024 03 01 at 17.19.55

 

Se a Viradouro foi, indiscutivelmente, a grande protagonista do mês, em março os artistas de Niterói prometem roubar a cena. É esperar e conferir!!

 

WhatsApp Image 2024 03 01 at 17.19.56
“Até quem não é de sambar, sambou”: esta colunista entrando no clima e caindo na folia.

Neide Lúcia de Almeida é Doutora em Sistemas de Gestão, Relações Públicas, Produtora Cultural e colaboradora do Portal Conectar Niterói.

Referências:

[1] https://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2024/02/01/calabreso-entenda-de-onde-veio-a-expressao-usada-no-bbb-24.ghtml

[2] https://oglobo.globo.com/cultura/musica/noticia/2024/02/10/qual-o-macete-de-macetando-hit-de-ivete-reforca-a-giria-do-momento-que-vai-da-esperteza-a-conotacao-sexual.ghtml

[3] https://unidosdoviradouro.com.br/confira-a-sinopse-da-viradouro-para-o-carnaval-2024/#:~:text=Arroboboi!,%2C%20LUTA%2C%20UNI%C3%83O%20e%20VIT%C3%93RIA!

[4] https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/carnaval/2024/noticia/2023/12/27/enredo-e-samba-viradouro-leva-para-a-sapucai-o-culto-a-cobra-sagrada-e-sabedoria-africana.ghtml

Compartilhe este post:
× Como posso te ajudar?